Acerca de mim.....

A minha foto
Cristão, oriundo de uma família conservadora, praticante e de valores religiosos. Sou crente, temente a Deus, pecador, observador do fenómeno divino!. Respeito as opções de cada um, não faço diferença de crenças, e partilho a fé na diversidade de valores cristãos. Pratico a humildade, a solidariedade,e a fraternidade, dou a face se tiver que ser, dou a camisa do corpo ao irmão carente. Sou solidario, e com uma visão da vida muito pessoal, procurando ser sempre respeitador, e não violador de consciências, ou das dignidades. Nao quero ferir ninguém, tão sómente ser justo, correcto, e sensível no que penso, como escrevo, e como me dirijo as pessoas, como inter-actuo com elas. Não faço da vida um problema, e não faço do meu amor-proprio o centro do universo. Tenho a consciencia que não estou só neste mundo, e que todos são meus irmãos em Deus. Faço deste espaço, o meu ponto de encontro, de ideias, pensamentos, dúvidas, procurando sempre têr a minha alma gemea falando comigo. Não temo a critica, não tenho a pretensão de sêr dono da verdade, pelo contrário, expresso sentimentos, opiniões, e trabalho essencialmente os afectos, que me são tão caros. (mikeaf.antonio@hotmail.com)

PENSAMENTOS, REFLEXÕES,VERDADES....

"CULTURA É TUDO AQUILO QUE FICA DEPOIS DE TERMOS ESQUECIDO TUDO AQUILO QUE APRENDEMOS"

******************

Tenhamos a certeza que o amor não se entende, nem se percebe, nem se explica, nem se critica........
vive-se, porque das suas razões (do amor...), só Deus e nós dois sabemos, e, podemos avaliar dos seus
fundamentos!!!

******************

(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*) " VIVER, E NÃO TÊR A VERGONHA DE SÊR FELIZ!!!! " (*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)
/*/*/*/*/*/*/*/*/*/*/ "UMA MULHER DEVE CORAR ATÉ AO FIM DE SEUS DIAS" /*/*/*/*/*/*/*/*/*/*/*/

*******************

" LEMBRAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA, ESQUECER É DIFICIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO!!!

*******************

QUANDO VOCE É FELIZ O TRABALHO TE DÁ PRAZER. MAS QUANDO O TRABALHO TE DEIXA FELIZ É UMA FUGA DA INFELICIDADE . . . . . . . . (Jorge J. Matinz)

*******************

“ ... somos feitos de nossos sentimentos mais profundos; almas como as nossas necessitam de exageros para viver!!!! ”

Obrigado Kássya.

_____________________________________________________________________________


**************************** NOTA AOS LEITORES ****************************
A TODOS OS MEUS LEITORES MUITO OBRIGADO PELO VOSSO ACESSO.
É GRATIFICANTE SENTIR ESSA RECOMPENSA.TUDO O QUE ESCREVO É DO CORAÇÃO, PURO, GENUINO, SEM HIPOCRISIA OU CINISMO, SÓ O AMOR, A PAIXÃO DE VIVER ME ANIMA, ME DÁ ESTE GOSTO DE PASSAR AOS OUTROS OS MEUS SENTIMENTOS, AFECTOS, AMARGOS DE VIDA, NUMA PARTILHA QUE QUERIA SAUDAVEL, E JUSTA.SEI QUE VOU AO ENCONTRO DE MUITOS CORAÇÕES MAGOADOS, TRISTES, DESILUDIDOS, E EU COMO SER HUMANO COMUM, NAO FUJO À REGRA.PODEM SE ASSIM O ENTENDEREM ADICIONAR SEU ENDEREÇO NO MEU MSN.QUERIA TAMBEM CHAMAR A VOSSA ATENÇÃO PARA O FACTO DE EU ESCREVER OUTRO BLOG, TAMBEM ELE DE AMOR, E AFECTOS DO CORAÇÃO, QUE SE CHAMA

------- >>>>>>> mongeporamor.blogspot.com
(basta clicar no icone à esquerda, canto superior)


PARA ACEDER A ESSE BLOG BASTARÁ CLICAR EM CIMA DA IMAGEM QUE SE ENCONTRA NO TOPO DO LADO ESQUERDO DO VOSSO ECRÃ.GRATO PELA VOSSA AMIZADE.
_______________________________________________________________________________________

Meu Nick's Preferidos que uso: farolluminoso / estreladamanhã


Tradutor / Translate

TE AMAREEEE.....

...........................................O Amor é eterno, divino e sem pecado, porque amar é o destino e desafio de todos nós, e só o preconceito tende a anular a essência com que fomos criados.... AMOR!!! Quem ama não peca!!!!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Tempos Felizes.....

Na festividade da vida que também é minha
Essa alegria me enche o coração, me alivia
Pelo sentimento de querer viver o momento
Que não sendo o primeiro, quero seja eterno
Porque assim, na fogosidade que a idade oferece
Eu faço em mim, da juventude uma prece,
Um aconchego, ternamente!

Oh!, Beatriz dos doces contornos, faces boleadas
Tuas cores rosadas quando amadas,
Que nem pétalas de rosas vermelhas orvalhadas!.
Com teu sorriso lindo ao meio d’uma gargalhada
Num momento te sinto, n’outro me escapas
Há! Beatriz, tanto te busco, tu queres e eu faço!
Meu coração bate, exausto, tão fraco,
Como te quero, mansamente!

Nestes momentos únicos de sentimentos profundos
Calores, odores, e mais perfumes, de teu amor
Eu sinto a paz que medeia entre dois mundos.
Corro por ti, num frenesim que quero tolo
Numa esperança que não tem fim, sempre crescente
Num grito de amor eterno em tua mente,
Me beija ternamente!

Vivi estes tempos, de celebração a contento
Numa luta que me cansa e alimenta
Procurando o calor do ventre, colo sedento
Do amor latente que em mim fervilha.
De norte a sul, em ida geográfico-descendente
Que contrário ao meu amor sentido e crescente.
Eu quero, eu vivo…. ternamente!

No meio de um voto, d’uma alegria de ano mais
Ao meio de uma celebração merecida, sangria sagrada.
Quis fosse para sempre recordado o dia que agora passa
Não fosses tu…. Beatriz, minha amada!

Ohh!! Sangria, me traíste o sentido, meu senso quase toldado.
Nos copos de cristal, aos montes, num repasto original
Que ambiente criado bom, gula não foi, porque amado
Porque por amor festa merecida, foi celebrada
E tu Beatriz, desejada!.

Viver, sonhar, chorar de alegria em praia Vascaina
A sul, molhado num mergulho desejado dado
Do teu despir, do teu fato de banho ousado
Sob o teu olhar recuado, receio infundado
Pelo temor do olhar alheio desconfiado,
Vem amor, quero ser amado!.

Há! Beatriz, essas noites, de tempero amor,
Carregadas de calor com abraços, beijos e cansaços,
No meio de sentimentos gratos, pelos olhos molhados
Derramados, os amores guardados faz tempo,
Mais parecendo que me esvaio em lágrimas de sangue.

No meio a gnus, avestruzes e seus parentes
Nas mãos dadas por amor queridos, olhamos os primatas
O pó atormenta nossas narinas, enquanto o zoófilo
Atento explica a morfologia animal, e eu ali amado.

Beatriz, lembras aquele rio leito caudaloso
Que por brincadeira, abraçados, descemos, em jangada
Salpicados pela água, como que querendo benzer
Namoro amoroso, que em abraços protectores
Pelo perigo do olhar alheio pareço querer proteger?.

Tu Beatriz, dos sorrisos belos, lábios cor de romã,
Me enches o peito de amor, quando num movimento,
Meu conforto encontras, no calor d’um sentimento
Deixa que meu coração tenha o que sente,
Não que seja por um momento, que seja eterno.

E tu Beatriz, de frescuras matinais
Do olhar doce, do beijo de veludo, vem até mim
Vem namorar-me, embalar-me nos teus braços, enfim
E assim, acalmar meu coração, sôfrego, ofegante
No amor que sendo meu, te quero dar, qual Morfeu.
Que seja eterno, Beatriz o amor que me deu!
Te amo Beatriz, amor meu!, vem namorar-me!!!.
.
(Prosa Original: Antonio Ferreira)

1 comentário:

Kassya Mendonca disse...

Namore meu querido amigo!
Mas como dizia Vinicius de Morais:
...ao meu amor serei atento,
e antes, mesmo em fase de contentamento,
dele se encante mais o meu pensamento!
...e que não seja imortal,
posto que é chama!
... mas que seja infinito enquanto dure!

Continue amando!!!!!
Bjus!!!