Acerca de mim.....

A minha foto
Cristão, oriundo de uma família conservadora, praticante e de valores religiosos. Sou crente, temente a Deus, pecador, observador do fenómeno divino!. Respeito as opções de cada um, não faço diferença de crenças, e partilho a fé na diversidade de valores cristãos. Pratico a humildade, a solidariedade,e a fraternidade, dou a face se tiver que ser, dou a camisa do corpo ao irmão carente. Sou solidario, e com uma visão da vida muito pessoal, procurando ser sempre respeitador, e não violador de consciências, ou das dignidades. Nao quero ferir ninguém, tão sómente ser justo, correcto, e sensível no que penso, como escrevo, e como me dirijo as pessoas, como inter-actuo com elas. Não faço da vida um problema, e não faço do meu amor-proprio o centro do universo. Tenho a consciencia que não estou só neste mundo, e que todos são meus irmãos em Deus. Faço deste espaço, o meu ponto de encontro, de ideias, pensamentos, dúvidas, procurando sempre têr a minha alma gemea falando comigo. Não temo a critica, não tenho a pretensão de sêr dono da verdade, pelo contrário, expresso sentimentos, opiniões, e trabalho essencialmente os afectos, que me são tão caros. (mikeaf.antonio@hotmail.com)

PENSAMENTOS, REFLEXÕES,VERDADES....

"CULTURA É TUDO AQUILO QUE FICA DEPOIS DE TERMOS ESQUECIDO TUDO AQUILO QUE APRENDEMOS"

******************

Tenhamos a certeza que o amor não se entende, nem se percebe, nem se explica, nem se critica........
vive-se, porque das suas razões (do amor...), só Deus e nós dois sabemos, e, podemos avaliar dos seus
fundamentos!!!

******************

(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*) " VIVER, E NÃO TÊR A VERGONHA DE SÊR FELIZ!!!! " (*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)(*)
/*/*/*/*/*/*/*/*/*/*/ "UMA MULHER DEVE CORAR ATÉ AO FIM DE SEUS DIAS" /*/*/*/*/*/*/*/*/*/*/*/

*******************

" LEMBRAR É FÁCIL PARA QUEM TEM MEMÓRIA, ESQUECER É DIFICIL PARA QUEM TEM CORAÇÃO!!!

*******************

QUANDO VOCE É FELIZ O TRABALHO TE DÁ PRAZER. MAS QUANDO O TRABALHO TE DEIXA FELIZ É UMA FUGA DA INFELICIDADE . . . . . . . . (Jorge J. Matinz)

*******************

“ ... somos feitos de nossos sentimentos mais profundos; almas como as nossas necessitam de exageros para viver!!!! ”

Obrigado Kássya.

_____________________________________________________________________________


**************************** NOTA AOS LEITORES ****************************
A TODOS OS MEUS LEITORES MUITO OBRIGADO PELO VOSSO ACESSO.
É GRATIFICANTE SENTIR ESSA RECOMPENSA.TUDO O QUE ESCREVO É DO CORAÇÃO, PURO, GENUINO, SEM HIPOCRISIA OU CINISMO, SÓ O AMOR, A PAIXÃO DE VIVER ME ANIMA, ME DÁ ESTE GOSTO DE PASSAR AOS OUTROS OS MEUS SENTIMENTOS, AFECTOS, AMARGOS DE VIDA, NUMA PARTILHA QUE QUERIA SAUDAVEL, E JUSTA.SEI QUE VOU AO ENCONTRO DE MUITOS CORAÇÕES MAGOADOS, TRISTES, DESILUDIDOS, E EU COMO SER HUMANO COMUM, NAO FUJO À REGRA.PODEM SE ASSIM O ENTENDEREM ADICIONAR SEU ENDEREÇO NO MEU MSN.QUERIA TAMBEM CHAMAR A VOSSA ATENÇÃO PARA O FACTO DE EU ESCREVER OUTRO BLOG, TAMBEM ELE DE AMOR, E AFECTOS DO CORAÇÃO, QUE SE CHAMA

------- >>>>>>> mongeporamor.blogspot.com
(basta clicar no icone à esquerda, canto superior)


PARA ACEDER A ESSE BLOG BASTARÁ CLICAR EM CIMA DA IMAGEM QUE SE ENCONTRA NO TOPO DO LADO ESQUERDO DO VOSSO ECRÃ.GRATO PELA VOSSA AMIZADE.
_______________________________________________________________________________________

Meu Nick's Preferidos que uso: farolluminoso / estreladamanhã


Tradutor / Translate

TE AMAREEEE.....

...........................................O Amor é eterno, divino e sem pecado, porque amar é o destino e desafio de todos nós, e só o preconceito tende a anular a essência com que fomos criados.... AMOR!!! Quem ama não peca!!!!

terça-feira, 3 de junho de 2008

Chat's, "Chatos" e Outros afins Virtuais!!!!!!!


Chat’s, vulgo sala de conversação virtual, onde tudo existe, para logo deixar de existir….VIRTUAL! portanto.
Sala de encontros e desencontros, de carências, de procuras, de conquistas, de sedução, de frustrações, vitorias e outros afins.
Porque se procura tanto estas “salas”, onde quase nem sabemos bem quem temos do outro lado da tela ?
O jogo, o gosto pelo jogo das palavras, e o podermos ser realmente nós, ou imaginarmos o que realmente gostaríamos de ser.
Esconder o EGO, a face, o corpo, sim, finalmente… podermos “construir” a pessoa que gostaríamos de ser!.
O mundo, o universo está ali, mesmo à mão!!!!.
Podemos ir num click ao Japão, à América, ao Brasil, sei lá, e contudo nem o traseiro levantamos para tentar essas viagens. Fantástico!!!!.
Num chat por vezes realizamos o sonho, de sermos o que realmente não somos.
Parecer bem, sem dar a cara, opinar sem ter que se justificar, e vai daí, se nos aborrecem, ou por acaso nos cercam, zás…. num click fechamos o chat, sim, porque isto de fazerem-nos perguntas indiscretas já não se usa, e esse “atrevimento” paga-se caro….. saímos da sala e pronto, o que agora existia jamais existe.
Encontramos poetas, filósofos, bem-intencionados e mal-intencionados, faladores, palradores e outros espécimes que nos encheriam de tédio se estivessem perto fisicamente de nós.
O assédio, a insinuação, o altruísmo, o machismo primário, e também o puritanismo hipócrita, sim, hipócrita, estão bem presentes na cultura destes meios de ilusão.
Falar no virtual, é gostoso, porque não nos compromete, até por vezes estamos tão longe do outro chat’ista, que não corremos o risco de nos cruzarmos com ele na rua. É cómodo, é fácil.
Uma piada, uma boa anedota, e meia de conversa, enchemos o tempo e a sala com tudo e quase nada. Tudo é virtual!!.
Não quero dizer, que não se façam amizades que possam vir a fortificar uma relação por ventura mais duradoura, que sei acontecem, mas….. .
A sensação de cultura de grupo, de núcleo duro de amigos que num chat preferem uns mais que a outros, é uma sensação efémera, porquanto nas conversas em privado que os mesmos chats oferecem, podem tecer-se as mais complexas teias de relação, que por vezes passam por mesquinhas traições verbais, ou mentiras a parecer ser sério.
Num chat encontramos a pseudo-liberdade da comunicação, sem nos darmos conta do quanto escravizados ficamos, qual vício, qual doença para a qual não encontramos remédio.
As “salas” de conversação, dão-nos a possibilidade de matar a solidão, de combater ou não por momentos, a carência de afecto, de amizades verdadeiras que não fomos capazes de construir na vida real, no dia a dia de nossas vidas.
Nestas “salas” encontramos de tudo, mas mais de uma coisa do que da outra, o que leva a que os intervenientes comecem por serem desconfiados, e não aceitem facilmente teclar de forma aberta com quem chega pela primeira vez.
São inúmeros os casos de assédio sexual, moral, intelectual, que deixam todos de pé atrás quanto aos ambientes aí vividos. As "virgens" protegem-se, as castas ofendem-se, os impuros pululam.
Pelos nick’s, podemos traçar o perfil de um internauta, de um individuo que pode ser um conquistador de “meia-tigela” tagarela, de um malicioso, de um solitário amoroso, sei lá.
Os nick’s são autênticos nomes de guerra, que mais parecem funcionar como uma armadilha, a modos que um cartão de visita, como querendo seleccionar com quem ele quer falar, sendo ate que por vezes são o mote à conversa desejada, o contexto provável de uma conversa.
Geralmente, os nick’s, são o reflexo do que nos vai na alma, e tendem a dizer a quem os lê, do mal de que sofremos, ou das vaidades de que enfermamos.
Nós publicitamos a nós próprios, qual feira de quereres, afectos, vaidades e outros instintos vorazes carnais.
Há chat’s, onde reina uma pretensa castidade de hábitos e termos.
Para isso se instituem umas pessoas que devem zelar pelo “bom ambiente” linguístico do chat…… os chamados “guardiões do Templo”.
Claro, que o conceito imposto é sempre o da perspectiva pessoal de cada um desses guardiões, logo pode não ser a melhor forma.
Há sempre os mais iguais entre os iguais, ou seja, aqueles que são mais iguais do que os outros iguais. Uns podem ser liberais nos seus termos, nas suas abordagens, outros já não. Enfim, sempre o virtual, tanto sendo como nos apresentamos, como falamos, de que falamos, e sempre numa base de “ não me comprometa”!!!!.
Os chat’s são positivos quanto a mim na medida em que nos concede a liberdade de sermos o que gostaríamos ser, mentindo ou não, mas assim nos permitindo viver uma realidade, uma identidade que sabemos nunca vir a ter. A realização efémera de uma mágoa vivida.
O chat oferece a capa da impunidade mentirosa, nos defende de contratempos inconvenientes, e permite a exclusão dos “amigos” com quem não queremos falar, que na vida real teria outras consequências se o fizessemos, pelo menos exigiria de nós coragem.
O chat por vezes esconde a indignidade.
Há os chat’istas inertes, inócuos, os atrevidos, e aventureiros, e os desgraçados de afecto, vivendo solidões atrozes, procurando soluções para suas carências, fazendo-o no virtual, quando o deveriam fazer no real. Sentimentos de culpa, complexos comportamentais, são ultrapassados num chat, porque podemos ser o que quisermos sem que daí venha algum mal ao mundo.
Os chat são precisos? Sim.
Com eles (chat’s) pelo menos enquanto nossos computadores estão ligados nós somos (ou pensamos que somos) os “maiores” sem corrermos o risco de sermos confrontados com a nossa real miséria moral, intelectual, ou mesmo iliteracia.
Os chat's fomentam muito mais a frustação que outro meio qualquer, já que pensamos ter tudo e realmente não temos mesmo nada..... só desconhecidos que podem estar até se borrifando para quem nós somos ou queremos fazer crer que somos.
Vivam os Chat’s, longa vida aos Chat’s e seus arquitectos!!!!
Direito à felicidade, direito à palavra, pelo menos enquanto não nos falta a energia electricidade com o qual funciona o nosso computador.

SEJAMOS FELIZES !!!!!!!..... REALMENTE!!!!.

1 comentário:

Linda Nunes disse...

Gostei muito do conceito ...
Nao faco comentario algum
se ja esta tudo dito!
Beijos
Linda Nunes